Sou negra como à noite!

quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Leitura obrigatória

Estudo clássico sobre as religiões afrobrasileiras publicado originalmente em 1958, constitui leitura obrigatória para iniciantes e, para os especialistas, uma oportunidade de reencontro com a análise do sociólogo francês Roger Bastide. Tradução impecável de Maria Isaura Pereira de Queiroz. Texto introdutório de Fernando Henrique Cardoso. Edição Companhia das Letras.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Só aceito cometários com IDENTIFICAÇÃO, por favor coloque SEU NOME, se não, não publico! AXÉ