Sou negra como à noite!

segunda-feira, 13 de junho de 2016

Dia de Santo Antônio

E Viva os Santos Antônio!!!! Hoje é dia do santo casamenteiro e dia do aniversário do meu pai Antônio Carlos que completa hoje 69 anos, pra quem não sabe, meu painho foi o pedido que minha avó fez chorando aos 15 anos na igreja pedindo pra ter um filho no dia do tal santo que colocaria o nome dele e aos 35 anos nasce seu terceiro filho, meu genitor, filho este que ajudou a sair da miséria e a acompanharia por toda a vida...

A noite como de tradição irei na missa na igreja de Santo Antônio levar meu santo pra benzer e rogar por minha avó (que Olorum a tenha em um bom lugar), meu pai (vida e saúde pra ele) e pra mim (Toinho cadê meu marido?). Este é o único santo católico que tem meu respeito!
Meu pai no tempo da brilhantina, quando ele era pegador, tinha uma amante fixa a qual teve dois filhos com ela, muita macumba mainha fez pra prender ele, depois vocês ficam me perguntando quanto tempo um feitiço dura? Meus pais já tem 47 anos de casados. Se eu estou aqui foi graças aos ebós que minha mãe fez pra amarrá-lo. A amante também era do Axé fazia também as mandingas dela, mas quem levou o troféu; foi quem mereceu MINHA MÃE, toma distraída!!

Comprei este Santo Antônio no sábado e ganhei o Santo Expedito de presente do dono da loja de artigos de umbanda, ele diz que sou a melhor cliente dele. Santo Expedito que me desculpe vai ficar aqui em casa neste mês de junho, mas mês que vem vou dá pra minha mãe ela é doida pra ter este santo. E você já acendeu sua vela pra Toinho?

9 comentários:

  1. kkkkkkkkkk,vc é uma comédia, posso dizer que depois que li as histórias das mandingas me animou mais ainda, claro sem contar o jeito descolado com o qual conta o ocorrido.Adoooroo. Marisa

    ResponderExcluir
  2. Também acho a Suzana super Alto astral, tenho vindo aqui sempre para ler as postagens dela melhora e muito minha auto estima! Luciana.

    ResponderExcluir
  3. Oi Suzana, você disse que sua mãe fez vários ebós, então as vezes é necessário mais de um??
    E como sabemos que devemos fazer outro?
    Desculpe minha ignorância no assunto.
    Obrigada
    Doce veneno

    ResponderExcluir
    Respostas

    1. Olhe flor, as vezes um só não resolve mesmo não! Muitas vezes estamos com o emocional tão abalado, nervosa demais, com o astral baixo e acaba afastando nossos guias. Eles são espíritos de luz e lógico que não vai querer ficar ao lado de alguém que está com a energia baixa, concorda?

      Além o caso do meu pai é um pouco difetente, ele é um filho pedido ao santo, é de Ogum orixá forte que defende muito seus filhos e outra meu pai era muito galinha flor. Tirado a miseravão! Como ele mesmo falava - Deu mole eu falava o pau!

      Minha mãe sofreu muito , mas por causa dessa amante sugadora e foram anos o meu pai com esse relacionamento extra conjugal pra você ter ideia a mesma aliança que ele deu pra mainha que são casados no papel, ele deu pra amante. E no dia que mainha viu ela nunca mais usou a dela. Minha mãe trabalhou muito na cabeça do meu pai, ela conta que até café cuado na calcinha dava pra meu pai. Eu acho isso meio nojento!*Risos

      E meu pai sabe disso tudo ele diz que achava era graça das duas fazendo macumba, ele é meio cético, acretide se quiser!

      Hoje minha mãe diz que faria tudo de novo pelo amor da vida dela, pois quando começou a namorar com painho ele não tinha nada e depois que ele tinha alguma coisa não iria largá-lo, perder ele pra as amantes abutres, ou melhor, as urubus que ficavam rondando. Mas minha mãe VENCEU e o velho hoje é todo só dela!!!

      Essa é a cultura que está enraizada na minha família. Somos assim, porque nascemos no meio do Axé . E sei que meus filhos herdaram também. Até porque já as prometi para Oxum e aos Ibejis. Simplesmente somos...

      Excluir
  4. Obrigada pela resposta Suzana, entendo e admiro a força da sua mãe.
    Bjo
    Doce veneno

    ResponderExcluir
  5. O que pode ser feito para ficamos com nossas energias em alta? pq derrepente não sabemos , mas estamos. Obrigada. Marisa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Marisa flor, olhe essa pergunta é meio difícil, mas vou responder o que eu faço pra não deixar a peteca cair! Eu sempre acendo vela (lógico) esse é um ritual que todos que gostam desse universo espiritual deve adotar, porque dá a luz para nosso anjo de guarda - Orí é essencial para não deixá-lo no escuro e isso o fortalecem aumentando assim a proteção dele com você.

      Outra coisa eu sempre tomo banho de ervas quando me sinto borocoxô. As ervas para isso são: arruda, alecrim, água de elevante, espada de Ogum, tapete de Oxalá, guiné...

      Então é isso, espero que a dica tenha sido de grande valia.

      Excluir
    2. Claro que foi. Obrigada minha linda

      Excluir

Só aceito cometários com IDENTIFICAÇÃO, por favor coloque SEU NOME, se não, não publico! AXÉ

Contato: jornalista.suzanatavares@gmail.com / suzanatavares1@gmail.com