Sou negra como à noite!

segunda-feira, 11 de maio de 2015

Muita chuva em Salvador

Salvador a cidade de verão que roga Deus e Oxalá como se fosse um só, que tem na sua administração um prefeito almofadinha que só servi pra fazer festa, está cidade de papel está vivendo um caos e tendo muitos sofrimentos por conta das chuvas incessantes que assola toda a população muitos deslizamentos de terra, alagamentos das ruas, mortes, o que é isso Olorum? Ficamos preocupados e receosos toda vez que o céu fecha. 

Segundo o Instituto Nacional de Meteorologia, a capital da Bahia registrou este mês um volume de chuvas 6% acima da média normal, deixando muitos desabrigados, agradeço porque pelo menos na minha casa só tem goteiras e moro em uma ladeira o que ajuda o escoamento da água. E o inverno propriamente dito nem começou ainda. Misericórdia Olorum!!!



Firme e Forte

      Psirico
Na encosta da favela tá difícil de viver
E além de ter o drama de não ter o que comer
Com a força da natureza a gente não pode brigar
O que resta pra esse povo é somente ajoelhar
E na volta do trabalho a gente pode assistir
Em minutos fracionados a nossa casa sumir
Tantos anos de batalha, junto com o barro descendo
E ali quase morrer é continuar vivendo
Êee chuá chuá, ê chuá chuá
Temporal que leva tudo, mas minha fé não vai levar
Êee chuá chuá, ê chuá chuá

Oh, meu Deus, dai-me força pra outra casa levantar

Eu tô firme, forte
Nessa batalha
Eu tô firme, forte
Não fujo da raia
Êee chuá chuá, ê chuá chuá
Temporal que leva tudo, mas minha fé não vai levar
 Êee chuá chuá, ê chuá chuá
Oh, meu Deus, dai-me força pra outra casa levantar





Orla do meu bairro Boca do Rio e aqui tudo alagada as vezes nem dá pra sair de casa e de quem é a culpa?

Um comentário:

  1. Vi as manchetes nos jornais. Triste realidade!
    É importante que venhamos a abrir nossos olhos e escolher melhor nossos governantes.
    E que Deus nos ajude.
    Força para esse povo tão lindo e lutador.

    ResponderExcluir

Só aceito cometários com IDENTIFICAÇÃO, por favor coloque SEU NOME, se não, não publico! AXÉ