Sou negra como à noite!

terça-feira, 3 de fevereiro de 2015

E nada pedi, só agradeci. Adupé Yemanjá


Agradecer e Abraçar
Maria Bethânia

Abracei o mar na lua cheia

Abracei o mar

Abracei o mar na lua cheia

Abracei o mar

Escolhi melhor os pensamentos, pensei

Abracei o mar

É festa no céu é lua cheia, sonhei

Abracei o mar

E na hora marcada

Dona alvorada chegou para se banhar

E nada pediu, cantou pra o mar (e nada pediu)

Conversou com mar (e nada pediu)

E o dia sorriu...

Uma dúzia de rosas, cheiro de alfazema

Presente eu fui levar

E nada pedi, entreguei ao mar (e nada pedi)

Me molhei no mar (e nada pedi) só agradeci

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Só aceito cometários com IDENTIFICAÇÃO, por favor coloque SEU NOME, se não, não publico! AXÉ