Sou negra como à noite!

quarta-feira, 18 de fevereiro de 2015

Histórias da Dama

Histórias sobre Dama da Noite


Ela nasceu na Inglaterra, na época da inquisição. 

Casou-se com um mago muito poderoso, e que muitas vezes a mantinha em cárcere privado. Sempre tentando fugir deste casamento e deste homem tão ciumento e que utilizava de feitiços para conseguir tudo o que queria, Dama da Noite começou a aprender magias, escondido de seu então marido. 

Sempre escondida pelas ruas, em noites de Luar, Dama da Noite, fazia seus feitiços para quebrar a maldição colocada sobre ela, de uma prisão sentimental imposta durante o dia. Passando-se mais de 7 anos de seu casamento, Dama da Noite conseguiu fazer um encantamento sob o Luar e se livrou de suas amarras sentimentais diárias. Conseguiu fugir, e jamais ser descoberta por seu marido. Assim, Dama da Noite, uma mulher muito linda, cheia de adornos e dona de um Anel poderoso de pedra negra, passou a lutar sempre por liberdade sentimental das pessoas. 

Confundida com uma bruxa, na inquisição, foi perseguida por longos anos, sendo morta em uma fogueira. Hoje, invocada em situações amorosas, principalmente por mulheres, para manter seus casamentos felizes, ela, uma entidade de personalidade forte, uma delicadeza inconfundível, que apesar de ser tão imponente, tem um coração muito humano, ajuda na felicidade e liberdade sentimental dos humanos. Uma mulher misteriosa, gosta apenas das noites, e de preferência com Lua Cheia. Por isso as entregas para ela são feitas em noites de Luas Cheias.



2ª História

Conta à história que a entidade na sua época aqui na terra foi uma mulher muito bonita e rica. Devido sua beleza e mistério causava um verdadeiro alvoroço nos corações e desejos dos homens da corte... Que chegavam a ofertar a essa mulher verdadeiras fortunas para passar uma noite em seus braços.

E foi através da magia e da sedução que fez essa linda mulher se afortunar e despertar curiosidade no príncipe herdeiro do Brasil D. Pedro I.

No Brasil o nome não e citado, pois se chamava Helena, mais nas cartilhas e jornais da época esse envolvimento chegou a gerar certo escândalo.

Foi através da psicografia de Fabio Freitas que descobrimos a verdadeira história dessa linda entidade de quando chega ao mundo, traz com ela sua magia e sensualidade. Adora ganhar perfumes e rosas vermelhas nas encruzilhadas e cemitérios sempre em cima de um pano vermelho ou preto seja mouram ou cetim, fuma cigarrilhas longas e toma champanhe de cidra.

Minha opinião: Eu particularmente acho que essa segunda história tem mais sentindo pelo menos pra mim, pois quando vou a alguma casa antiga do período colonial é como se eu já tivesse frequentado esses lugares e quando me percebo, lá estou eu em uma postura de majestade e me vem dejavú e uma vez eu entrei em transe ao entrar no Palácio Rio Branco no Pelourinho ao descer as escadas só eu sei que vi!



Ainda no centro histórico é possível o soteropolitano contemplar a beleza do palácio Rio Branco- construído inicialmente de taipa e barro, serviu para abrigar, em 1459, o governador- geral do Brasil, Tomé de Sousa, e o centro de administração do reino de Portugal. Chamado então de casa, passou também a funcionar como quartel e prisão estiveram envolvidos em motins populares foi sede da República Baiana de 1937, hospedou figuras portuguesas ilustres, serviu de residência provisória a D. Pedro II e sofreu incêndios e bombardeios como o de 1912, que tornaram necessária a sua reconstrução. Reinaugurado em 1919 – quando ganhou o nome de Palácio Rio Branco -, permaneceu como centro de decisões do Estado até 1979. Durante os quatro anos seguintes, abrigou a administração da Prefeitura Municipal de Salvador e, posteriormente, a sede do órgão estadual de turismo.

2 comentários:

  1. Totalmente encantada com as histórias! Lindas! Gosto muito de ler sobre as histórias das Damas, dos Moços e dos orixás. São lindas e passam muitas energias boas. Obrigada por compartilha-las. Axé! Juliana

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito da historia, venho pesquisando e nao encontro informaçoes sobre a Dama da Noite... agora que ja sei, linda historia!!! Que a Linda Dama da Noite me ajude na “liberdade sentimental“ q as coisas possa se inverter, o meu amado esteja preso a mim e nao eu a ele... (Ás vezes cansa, sou um pouco teimosa e ansiosa...tenho q aprender a escutar a mais dentro de mim)... tenho fé que as coisas vao mudar para melhor

    Dayse

    ResponderExcluir

Só aceito cometários com IDENTIFICAÇÃO, por favor coloque SEU NOME, se não, não publico! AXÉ