Sou negra como à noite!

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014

Simpatia para separar casal

Atendendo á vários pedidos, vou tratar de um assunto muito pedido: como separar um casal, ou chamado também de como afastar sua rival. 

Mas já informo que nem adianta me perguntar sobre isso porque NUNCA FIZ, retirei de algum site na internet, selecionei estas duas pelo pouco que entendo essas formas são muito usadas, muda algumas coisas, mas os ingredientes são os mesmos. Fiquem a vontade...
Simpatia 1 -  Este feitiço tem um modo de execução simples. Vamos precisar somente de um pouco de carne moída, dois pedacinhos de papel preto (papel de seda é o ideal), com os nomes do homem e da mulher escrito separadamente, um cachorro, um gato e duas velas comuns e pretas.
Como fazer: em primeiro lugar, escreva o nome dos dois nas velas (um nome em cada vela). Corte o pavio de uma das velas e faça outro pavio na outra extremidade. Acenda-as e mentalize no casal, visualizando-os separados. Faça dois bolinhos com a carne moída. Coloque um nome em cada bolinho. Dê um bolinho para o gato e outro para o cachorro. Obs:as velas deverão ser acesas no chão.

Simpatia 2Pegue o pedaço de papel e escreva nele o nome do casal, dobre-o, faça uma abertura na parte de baixo da cebola roxa (onde fica a raiz) no qual seja possível inserir o papel.
Coloque a cebola dentro do vidro e jogue pimenta por cima da cebola. Feche e enterre o vidro em um lugar que não seja a sua casa.

Quando o vidro estiver enterrado, pise em cima com o pé esquerdo 7 vezes, falando 7 vezes baixinho: - Este casal irá se separar

quinta-feira, 23 de janeiro de 2014

Simpatia para despachar o azar

No caso de uma onda de azar cair sobre sua vida, livre-se dela de uma forma muito simples, com a seguinte simpatia.
 
Escreva em sete folhas de papel o azar enfrentado, depois faça sete barquinhos de papel com eles. Despache-os numa correnteza de rio ou no mar.

Para não se contaminar pelo azar:

Não deixe se contaminar pelo azar. Simplesmente lave-o de seu corpo, usando uma simpatia simples e muito conhecida de todos.
 
Ferva três litros de água com três raminhos de arruda, três de alecrim e um punhado de sua mão direita de sal grosso. Espere amornar. Tome um banho de corpo inteiro, depois jogue essa água do pescoço para baixo, de forma que escorra pelo peito e pelas costas.
 
 

quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Feitiço poderoso de amarração para trazer/prender a pessoa amada

Ebó da Cebola
ATENÇÃO

Esta postagem é de 2014, porém o blog sempre é ATUALIZADO é só ir na página inicial e conferir. Segue o link:



Minhas amadas (os) leitores já que a procura e solicitação por mais rezas e simpatias mandingueiras está tamanha, lotando as vezes até minha caixa de email, venho comunicar que vou abrir meu baú dos segredos secretos e informar que sei de um feitiço feito com cebola e azeite INFALÍVEL para trazer ou ter a pessoa amada. Esta mandinga foi-me ensinado diretamente por Ogum Xôroque e quem conhece este orixá sabe que palavra DITA é palavra CUMPRIDA.

Informando que Ebó é uma reposição de Axé para corrigi uma deficiência em um determinado campo da sua vida, neste caso, o campo afetivo. 

Eu mesma já fiz algumas vezes (meu encanto preferido, guardo a sete chaves) e ensinei para algumas pessoas e todas tiveram resultado POSITIVO, não garanto que ele (a) voltará em 3 dias, mas te dou a total confirmação que se você merecer e se for melhor pra você ele (a) voltará ou terá pra si, não garanto também que será por muito tempo, porque a força dos feitiços acabam, mas ele (a) ficará ao seu lado por um tempo, e se o relacionamento fizer bem para ambos perlonga por anos, são as chamadas LIGAÇÕES PSICOSSOMÁTICAS no candomblé e umbanda.

Informo que se algo impedir a aproximação de vocês, saiba, que mesmo assim, ele (a) estará pensando muito em você e se não sabe da sua existência passará a notar e é importante saber que a pessoa amada terá algumas dores de cabeça, mas nada grave é apenas a força da magia, isso é INEVITÁVEL!

Quando Ogum Xôroque me ensinou essa macumba me pediu que não passasse para qualquer um, porque tem certas coisas que não podem ser reveladas se não quebra o encanto e com este Orixá não se brinca, devemos ter cuidado! Salientando que não é uma simples simpatia e sim um feitiço/trabalho forte, mas de fácil execução. Por esta razão é preciso ter a certeza que é isso mesmo que você quer??

Por conseguinte, estou analisando o desespero de algumas pessoas e vendo como estão sofrendo...e sei que esta dor não é apenas um sofrimento literário, machuca mesmo por dentro, também já sentir esta dor insuportável, então, resolvi ensinar para quem solicitar, porém de forma INDIVIDUAL. E me prometam uma coisa: Pedir AGÔ (licença) toda vez que for fazer.

Como sabem sou jornalista Exú é meu patrono, trabalho com ele na minha linha de frente, ou melhor, com minha Pomba-gira ( Exú Fêmea) que se chama Dama da Noite (linda por sinal) e ela quer que eu trabalhe com ela, me deu está tarefa como missão e este dom também ganhei de herança familiar, já faço há alguns anos, portanto, não posso repassar e nem fazer esta magia de graça, porque assim, nada gira na minha vida e eu não próspero. Esse é o fundamento da Roda de Xirê.

Para quem deseja fazer sozinho eu solicito uma quantia simbólica de R$130 para te enviar a receita, mas se quiser  que eu faça o valor é outro. informo que NÃO atendo amantes e nem menores de 21 aninhos, minha Pombagira não permite!E nem tentem me enganar porque não vai dá certo o feitiço! 

A forma de pagamento é em depósito em conta bancária, interessados é só enviar um email para: jornalista.suzanatavares@gmail.com ou suzanatavares1@gmail.com (respondo em poucas horas) que passarei o número da conta e as informações necessárias para a realização. E aviso: uma vez feito o feitiço não tem como voltar atrás.

Não se preocupem NÃO SOU GOLPISTA até porque não estaria colocando minha vida pessoal e mostrando minha cara neste blog. E lembre-se que no sentido figurado feitiçaria vira sedução...



Pergunta frequente: Quanto tempo para dá resultado?
Em relação ao tempo não tenho como te dizer a exatidão, porque não depende de mim, cada caso é um caso! Essa previsão é IMENSURÁVEL, primeiro porque não sou vidente, segundo porque isso não é matemática exata e terceiro e mais importante o que quero que entenda é que Pombagira NÃO é cachorro adestrado!! Vai do axé e estado de espirito de cada um...

**********          **********         **********      **********

Bronca: Algumas pessoas que fizeram este ebó estão me procurando para ensinar um feitiço para amenizar o efeito, pois algumas pessoas estão relatando a exacerbada procura, ou melhor, obsessão da pessoa amada em tê-la por perto, relatando ligações na madrugada, ciúme exagerado etc.

Contudo fiquem ciente que NÃO ENSINO. Eu saliento que NÃO TEM COMO VOLTAR ATRÁS e pergunto se é isso mesmo que a pessoa quer??? Portanto, NÃO ME PROCUREM PARA DESFAZER. Assuma com a responsabilidade das suas decisões!
   Desejo muito amor à todos... 


    Atualizado em 11 de Junho de 2017 


*****************************************************
P.S:  Pra você que vai postar ou postou nestes comentários a sua publicação depois de aprovada e com identificação, é claro, só será visualizada na página se você ir até o final da lista de comentários e clicar em  "carregar mais"... Para aparecer mais depoimentos inclusive o seu, pois a primeira página só suporta até uma certa quantidade de comentários.  Como já tem muitos depoimentos nesta postagem, hoje prefiro que coloquem sempre na última publicação que sempre estará na página inicial. 

terça-feira, 14 de janeiro de 2014

Fases da Lua para feitiços


 
 
Uma das dúvidas mais frequentes quando o assunto é feitiços, é em relação á lua certa para o feitiço à ser executado. Pois bem, a força da lua, pode ser associada ao tipo de feitiço que você pretende executar.

Por exemplo, se for algo para separar um casal, ou provocar qualquer tipo de embaraço á vida de alguém, você deverá fazer isso numa lua minguante; se o feitiço for para prosperidade financeira, deverá ser executado numa lua crescente.

Para feitiços amorosos, como amarrações, o ideal é a lua cheia. E finalmente, para trazer pessoas distantes, ou reatar relacionamentos rompidos, a lua perfeita é a nova.

Desejo boa sorte e Axé...

Simpatia para adoçar o amor

Quer adoçar a pessoa amada? Então anote essa receitinha: numa noite de lua cheia, pegue três maçãs bem vermelhas sem nenhuma imperfeição. Abra as três  ao meio sem separa-las totalmente, coloque-as em um prato de louça branco. Coloque um pedacinho de papel com o nome do amado bem dobradinho dentro de cada maçã. Despeje bastante mel sobre as maçãs. Acenda duas velas vermelhas ao redor do prato. Pronto, é só correr pro abraço e beijar muuuuito. Boa sorte

 

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014

Política: O negro no poder

Já que é ano de eleição e Xangô está a frente começo as citações da minha monografia falando sobre política.
A revista Raça Brasil, nas questões que falam sobre política tenta evidenciar a participação dos parlamentares afrodescendentes na ajuda em prol da comunidade negra, tentando mostrar a responsabilidade assumida por estes políticos para a melhora da situação da população negra, isto é, a revista dá destaque à representação racial na política brasileira.

A revista Raça salienta que esta representação política é fruto do movimento negro que vem lutando para transformar o Brasil, onde os militantes negros foram os heróis que ajudam pavimentar esta estrada, inserindo negros nesta classe para que busquem políticas públicas que levem em conta o fator racial, além de advogar um novo e mais proeminente papel para os negros na política e na sociedade brasileira.

A revista quer mostrar nas suas publicações a representação do negro na esfera política, testemunhando este desenvolvimento, possibilitando um olhar para as questões raciais como relevante parte do jogo de poder na sociedade brasileira.


A Raça Brasil, nesta publicação, se deleita de referências políticas para o leitor brasileiro, permitindo uma construção positiva de representação racial na política. Friedman e McAdam (1992) falam que o conceito de identidade coletiva envolve também o anúncio individual de afiliação. Partilhar de uma identidade coletiva é reconstituir um indivíduo de acordo com uma identidade que é coletivamente valorizada.  Em outras palavras, a revista ao mostrar parlamentares negros fazendo parte do cenário político, engendra não só uma dimensão altruísta de uma possível transformação para estas comunidades, como também permite que o próprio individuo reivindique a presença destes políticos como seus representantes. Nestes termos, a identidade coletiva funciona como um incentivo seletivo que motiva a participação, tanto do indivíduo quanto do coletivo, no interior do movimento social.  

"Para representar o grupo, muitas vezes, elege-se um membro do próprio grupo, outra, contrata-se alguém de fora para fazer isso. Uma vez organizado um grupo, podem-se fazer publicações a respeito da sua história, movimentos que dêem visibilidade social ao grupo, ambos resgatando sua história e seu valor" (GOFFMAN, 1985).         

"O negro começa a construir seu próprio espaço de atuação com o objetivo de influir no jogo político. Essa iniciativa fomenta a tendência de "arregimentar o negro" com fins próprios, tanto no terreno eleitoral quanto, em sentido mais amplo, como grupo social integrado, autônomo e capaz de manejar livremente, em fins próprios, sua parcela de poder político" (Fernandes 1965, p. 21).

A revista Raça Brasil, ao publicar e evidenciar criações, leis e parlamentares negros, faz-se necessário que a sociedade afro-brasileira vote nos candidatos negros, demonstrando pouco favoritismo nas questões partidárias o que está em questão pela revista é o que estes representantes estão fazendo ou poderão fazer para melhorar a vida da população negra, evidenciando para que negro vote em negro, já que são a representação racial no governo para um povo que clama por transformações.  

Segundo, a percepção da emergência de um poder cultural negro - representado pela revista Raça - tentando construir uma identidade positiva para os afrodescendentes revela a politização da questão racial. Michel Agier (1992) explica que esta dinâmica "etnopolítica" do espaço afro-brasileiro, leva a um "embate de subjetividades", no qual o que está em disputa não é apenas a redefinição da imagem do negro, mas a própria redefinição do lugar que ele deveria ocupar na sociedade, especialmente no campo político.

Vemos a revista Raça como um fenômeno da produção da presença e da visibilidade dos afrodescendentes no cenário político dos grandes centros urbanos, também sendo entendida como uma estratégia de luta como se fosse a inserção de um cavalo de Tróia-negro no interior da fortaleza grega-branca, tendo a inserção da política como possibilidade de integração racial, ascensão social e conquista de direitos para a população negra.   
  
* Retirado da minha monografia como TCC de conclusão do curso de jornalismo: As representações Sociais na Ressignificação da Identidade Ética do povo negro: no caso da revista Raça Brasil. Defendida e aprovada na semana da Consciência Negra em 23 de novembro de 2006. 

quarta-feira, 1 de janeiro de 2014

Regentes de 2014

E que o azeite tenha um bom poder sobre a minha vida...
Kaô Cabecilê e Eparrei-Oiá!!