Sou negra como à noite!

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Terreiro de Mãe Biata

Festa de Olumbajé. Atotô!!


Este foi o 1º Ilê que fui na vida. Terreiro de Mãe Biata, o dono da casa é Logum Edé (meu filho por parte de minha mãe Oxum e pai Odé), o baracão é pequeno, mas o axé é grande e forte!... Lembro-me como se fosse ontem, o ano era 2001, fiquei muito encantada com a Roda de Xirê, fiquei muito emocionada um grande fascínio em vê os orixás pela primeira vez, bem alí na minha frente, apenas a um braço de distância.    

Não entendia do assunto, mas parecia que eu já fazia parte deste mundo encantando que é o candomblé, isto é uma herança genealógica, isso é de raiz, está no sangue, quem tem é porque já nasceu com esta predestinação. Bato paó para todas as entidades desta casa! P.S: Caboclo Pena Branca de Xangô Ayrà o senhor mora no meu coração... 

SAUDAÇÃO: Logun ô akofá!!! 
Motubá Axé

É de Logunedé a riqueza, Filho de Oxum,
Logunedé é demais, Sabido, puxou aos pais
Astúcia de caçador...


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Só aceito cometários com IDENTIFICAÇÃO, por favor coloque SEU NOME, se não, não publico! AXÉ